Tradutor / Translate

segunda-feira, 21 de março de 2016

Entrega da Praça Getúlio Vargas dá início às comemorações do aniversário de Florianópolis

Solenidade realizada na manhã da sexta-feira, 18 de março, fez parte do calendário de comemorações do aniversário de Florianópolis

O projeto, assinado e executado pelo paisagista Jordi Castan, foi elaborado por uma equipe multidisciplinar de profissionais, arquitetos e paisagistas com o objetivo de evidenciar a importância histórica do local, com a preservação dos eixos originais, proporcionando um espaço de convivência mais seguro e valorizando a questão ambiental.O projeto foi realizado pela WOA Empreendimentos Imobiliários, que em pouco mais de quatro meses transformou a praça num novo cartão postal, .

Destaques da nova Praça Getúlio Vargas:

  • Resgate de um local de encontros, ampliando a relação da comunidade e dos moradores com a praça, que, aos poucos volta a ser “habitada”, como ocorreu na Praça Celso Ramos, na Agronômica;
  • Resgate do chafariz, com a retomada das cores originais numa composição com os esguichos de água para trazer harmonia e vida para à parte central da praça;
  • Limpeza geral e eliminação das barreiras visuais. Todos os cortes seguiram um plano de manejo aprovado junto aos órgãos competentes;
  • Impacto da luz durante a noite na questão da segurança;
  • Remoção das espécies com a saúde comprometida e que apresentavam riscos de queda e que limitavam o crescimento de outras espécies;
  • Preservação do Jacarandá, que precisa de espaço para crescer, podendo atingir 20 metros de altura. Por não possui raízes agressivas, possibilita as passagens em nível plano para os pedestres;
  • Plantio de novas espécies: Quaresmeiras (tibouchina granulosa) e Árvores “Pau Ferro” (caesalpinea ferrea), Palmeira Imperial (Roystonea oleracea), Jasmim-manga (plumeria rubra), Ipês (Tabebuia chrysotricha), Ameixeira amarela (Eriobotrya japônica), Palmeira-de-leque-da-china (Livistona chinensis),  Aroeira (Schinus terebinthifolius) e Manacá-da-serra (tibouchina mutabilis ), O objetivo foi criar espaços ainda mais verdes e arborizados
  • Colocação de bancos e lixeiras novas, manutenção da iluminação e do piso original;
  • Valorização dos marcos escultóricos com foco na conservação da identidade e da memória do patrimônio público.


A entrega da Praça Getúlio Vargas abriu oficialmente e em grande estilo, as comemorações do aniversário de Florianópolis. Dentre os fatores positivos que a obra irá proporcionar aos cidadãos, estão a melhoria da vigilância natural, onde as pessoas terão a possibilidade de ver e serem vistas, aumentando a sensação de segurança, e o estímulo do sentimento de propriedade do espaço público por parte da comunidade.

Crédito da foto: Correa Fotos

terça-feira, 15 de março de 2016

Na Grande Florianópolis, fevereiro de 2016 registra taxa de ocupação superior a fevereiro de 2015


Pesquisa foi realizada em hotéis e pousadas da Grande Florianópolis pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) 


Como aconteceu em janeiro deste ano, os hotéis e pousadas da Grande Florianópolis tiveram em fevereiro deste ano aumento na taxa de ocupação em relação ao mesmo período de 2015.
segundo a pesquisa, realizada no início de março, houve um incremento de 13,2% na taxa de ocupação dos estabelecimentos.

Na opinião de Tarcísio Schmitt, presidente do SHRBS, muitos turistas escolheram o segundo mês de 2016 para passar as férias principalmente pelos preços serem mais atrativos. “Historicamente é um período mais em conta, já que janeiro é o auge da temporada. Soma-se a isso o dólar alto e atrativo aos estrangeiros e temos este bom panorama”, afirma.

RESUMO TAXA OCUPACIONAL - Fevereiro 2016 em comparativo com 2015



2015
2016
Variação
Praias
68,6%
75,6%
10,2%
Centro

66,6%
73,6%
10,5%
Continente

51,4%
64,1%
24,7%
Termais

45,0%
49,2%
9,3%
Geral Ponderada
62,9%
71,2%
13,2%

terça-feira, 8 de março de 2016

Origem do Dia Internacional da Mulher


 Desde 1975, o dia 8 de março é especial pois é quando comemoramos no Brasil o Dia Internacional da Mulher.



Foi no dia 8 de março de 1857, que as operárias de uma fábrica têxtil de Nova Iorque entraram em greve para reivindicar a redução do horário de trabalho de mais de 16 horas para 10 horas por dia. O movimento destas operárias, que recebiam menos de um terço do salário dos homens, gerou uma reação e elas foram fechadas na fábrica. Um incêndio que iniciou na fábrica resultou na morte de 130 mulheres.

Mais tarde, em 1903, mulheres profissionais liberais norte-americanas criaram a Women's Trade Union League, associação que tinha como objetivo principal ajudar todas as trabalhadoras a conseguirem melhores condições de trabalho.

Em 1908, as ruas de Nova Iorque foram o palco para uma marcha de mais de 14 mil mulheres que reivindicavam o mesmo que as operárias de 1857 mais o direito de voto. No slogan "Pão e Rosas", utilizado na caminhada, o pão simbolizava a estabilidade econômica e as rosas uma melhor qualidade de vida.

Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, que o dia 8 de Março seria o "Dia Internacional da Mulher".