Tradutor / Translate

sábado, 26 de setembro de 2015

Santa Catarina é o melhor Estado e Florianópolis o melhor destino de praia do Brasil


Desde que foi criada a premiação da Revista Viagem e Turismo, da Editora Abril, há quinze anos, Santa Catarina foi escolhida sete vezes o Melhor Estado para viajar no Brasil. Entre 2007 e 2013 o Estado recebeu a premiação sete vezes consecutivas, perdendo para o Rio de janeiro no ano passado e voltando a ganhar neste ano. Florianópolis foi escolhida como o melhor destino de praia do Brasil.
A lista com as 24 categorias vencedoras da pesquisa anual da revista, entre destinos turísticos e empresas do setor, tanto nacionais como internacionais, foi divulgada e os troféus entregues em solenidade na quinta-feira, 24 de setembro, na sede a Editora Abril, em São Paulo.
O governador Raimundo Colombo foi representado pelo secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Felipe Melo, que recebeu o troféu alusivo à conquista.
Conforme a secretária municipal de Turismo de Florianópolis, Zena Becker, que esteve presente na cerimônia para receber o troféu por Florianópolis, “este prêmio é uma confirmação de que os trabalhos que vem sendo realizados durante a temporada, por meio da Operação Presença, estão trazendo resultados. Estamos trabalhando em outros eixos como a gastronomia, que concedeu a Florianópolis o título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia; as atividades voltadas ao ecoturismo; esportes aquáticos; além da revitalização dos prédios históricos da cidade, situados na região central, garantindo atividades durante todo o ano aos que buscam nossa cidade como destino”.

A Diego Lomba Imóveis se sente orgulhosa por fazer parte desta história vitoriosa!

Veja a lista completa dos premiados 

Melhor estação de esqui: Aspen Snowmass, nos Estados Unidos
Melhor parque temático do exterior: Universal's Islands of Adventure, de Orlando
Melhor Navio de Cruzeiros: Riviera, da Oceania Cruises
Melhor Companhia Aérea Nacional: Avianca Brasil
Melhor Companhia Aérea Internacional: Emirates Airline
Melhor Hotel: Belmond Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR)
Melhor Pousada: Pousada Toca da Coruja
Melhor Resort: Royal Palm Plaza Resort Campinas
Melhor Hotel-fazenda: Hotel Fazenda Mazzaropi, em Taubaté (SP)
Melhor Hostel: Tetris Container Hostel
Melhor Cidade: Rio de Janeiro
Melhor Estado: Santa Catarina
Melhor País: Estados Unidos
Melhor Operadora de Turismo: CVC
Melhor Operadora de Turismo de Luxo: Teresa Perez Tours
Melhor Operadora de Cursos no Exterior: STB Intercâmbio
Melhor Agência de Viagens Online: Booking.com
Melhor Buscador de Preços de Passagens e Hotéis: TripAdvisor
Melhor Destino de Ecoturismo: Bonito (MS)
Melhor Destino de inverno: Gramado (RS)
Melhor Destino de Praia: Florianópolis (SC)
Melhor Parque Temático do Brasil: Beach Park, em Fortaleza (CE)
Top of Mind: CVC
Inovação: Pousada Vale das Araras

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Assinados novos contratos de investimentos no Sapiens Parque, em Florianópolis

Foto: Jaqueline Nocetti / Secom 
A assinatura dos novos contratos de investimento no Sapiens Parque ocorreu na manhã desta quarta-feira, 23, em Florianópolis, e contou com a participação do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Os investimentos, que chegam a R$ 70 milhões, compreendem a nova etapa de infraestrutura do Parque, o início das obras do primeiro centro de serviços e do Instituto Senai de Inovação além dos projetos do Centro Executivo de Treinamento e Unidade de P&D da Unisul e do Centro Corporativo de Serviços e Apoio ao Empreendedor da Acif.

A implantação da nova etapa de infraestrutura do parque nos próximos quatro anos, com investimentos de R$ 34 milhões, foi o primeiro contrato assinado. Serão obras de pavimentação, iluminação pública, fornecimento de energia elétrica e abastecimento de água com reuso e uma estação de tratamento de esgoto que viabilizarão 250 mil metros quadrados de potencial construtivo. Com essa infraestrutura serão atendidas empresas de base tecnológica, institutos de ciência, tecnologia e inovação e novos empreendimentos que se implantarem no parque nos próximos anos.

Outro contrato assinado foi o de início das obras de implantação do Makan Center, o primeiro centro de serviços do Parque, com um investimento de R$ 3 milhões na construção de uma área de cerca de 1,5 mil metros quadrados, que deverá estar concluída no segundo semestre de 2016.

A implantação do Instituto Senai de Inovação na área de Sistemas Embarcados, na ala oeste do Sapiens Parque, também foi anunciada. O local terá uma área de quatro mil metros quadrados e a previsão para conclusão das obras é de dois anos. O investimento será de cerca de R$ 12 milhões.

Durante a solenidade o Sapiens Parque firmou uma parceria com a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), para a implantação do Centro Executivo de Treinamentos e Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento. O Centro, que vai oferecer infraestrutura para atração de executivos e profissionais interessados em receber ensino, contará com uma área de 3,5 mil metros quadrados e um investimento de R$ 8,5 milhões.

O último ato da reunião foi a parceria firmada entre a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif) e o Sapiens Parque para a implantação do Centro Corporativo de Serviços e Apoio ao Empreendedor. A edificação terá uma área de 5,2 mil metros quadrados e um investimento de R$ 12,5 milhões que ampliará os serviços oferecidos às empresas e instituições residentes no parque.

Nas palavras do governador Colombo, “esse é um grande avanço na construção de um processo com uma capacidade muito forte de inovação e tecnologia. A participação da empresa privada é indispensável para fazer com que ele tenha alcance e repercussão na sociedade.”

José Eduardo Fiates, diretor executivo do Sapiens Parque, destacou que este “é um investimento importante do setor privado na urbanização e na infraestrutura do parque. Fundamental para alavancar os negócios, além de atrair novos empreendimentos e dar um sinal para a comunidade e para o mercado que, mesmo nesse tempo de crise, nós temos uma confiança do setor empresarial para investir nos projetos”.

O Sapiens Parque


O Sapiens é um parque de inovação que reúne empreendimentos de ciência, tecnologia, educação, turismo e serviços. Quando totalmente implantado, o empreendimento significará investimentos na ordem de R$ 2,43 bilhões, incluindo terreno, infraestrutura e prédios, gerando cerca de 30 mil empregos diretos e 35 mil indiretos nos próximos 10 anos.

Essa é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Codesc e SCPar, com a Fundação Certi e Instituto Sapientia. O Empreendimento conta ainda com o apoio do Governo Federal, por meio do Ministério de Ciência e Tecnologia e da Finep, da Fapesc, da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Universidade Federal de Santa Catarina.

Investimentos no Parque


Investimento público na Região: R$ 153,3 milhões
Investimento público no Sapiens: R$ 32,7 (parque) / R$ 208,6 (terreno)
Investimento Privado / Acadêmico: R$ 221,7 milhões
Total: R$ 616,3 milhões

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Exposição de obras de Joan Miró, em Florianópolis

Imagens: © Successión Miró, Miró, Joan AUTVIS, Brasil, 2015
A exposição “Joan Miró - A força da matéria" com mais de 100 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos e gravuras, além de fotografias e vídeos do artista atuando, acontece de 12 de setembro a 14 de novembro, em Florianópolis. Equipes do  Instituto Tomie Ohtake, da Fundação Joan Miró e do Museu de Arte de Santa catarina (MASC) estão fazendo os últimos ajustes para a abertura da exposição, no dia 11 de setembro, somente para convidados e dia 12, para o público. O importante evento cultural acontece no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. Mais de vinte técnicos de acervo e conservação e museólogos das três entidades trabalharam na montagem da exposição. Uma equipe de educadores artísticos foi contratada para acompanhar o público visitante espontâneo e as visitas agendadas. 

Com um investimento de mais de R$ 2 milhões da empesa Arteris, que patrocinou a vinda ao Brasil, a exposição já passou por São Paulo e chega agora em Florianópolis onde permanecerá até o dia 15 de novembro. Três momentos da carreira do artista são evidenciados nas três partes da exposição: a ruptura com a pintura tradicional, passando pela escultura e a apropriação de objetos até chegar ao seu traço mais original, com o gestual do próprio corpo visto na obra.

Como visitar

A exposição estará cercada por um forte esquema de segurança para proteger as obras. A entrada é gratuita mediante a apresentação de senhas que serão distribuídas diariamente num guichê instalado na entrada do CIC. Conforme os organizadores, a previsão é a distribuição de 350 senhas 30 minutos antes de cada turno, para visitação no mesmo dia. Não serão dadas senhas para visitas futuras tampouco fazer mais de uma visita no mesmo dia. Agendamentos serão feitos somente para visitas em grupo, com número limitado de pessoas, que acontecerão de terça a sexta-feira. O telefone é (48) 3664-2633. Os turnos de visitação acontecem das 10 às 12h; das 13 às 16h, das 17 às 19h (de terça à sábado) e das 17 às 18h (domingos e feriados).

Joan Miró

O espanhol Joan Miró, um dos grandes do surrealismo, nasceu em Barcelona no dia 20 de abril de 1893. Apesar da insistência da família, não completou seus estudos. Enquanto trabalhava como balconista numa farmácia sofreu uma crise nervosa vivendo,.a partir daí, na casa da família na aldeia de Mont-Roig del Camp. De volta à Barcelona, em 1912, ingressou na Academia de Artes, onde teve contato com as últimas tendências artísticas europeias. Em 1919 foi para Paris, conheceu Picasso e Tristan Tzaia, um dos iniciadores do Dadaísmo. Em 1924, sua pintura começa a sofrer a influência do movimento surrealista, surgido em Paris, apresentando cenas oníricas e paisagens imaginárias. É dessa época a tela “O Carnaval do Arlequim” (1924-25). Em 1928 pintou “O Interior Holandês”, uma das suas pinturas mais marcantes.
Na década de 1930, Miró tornou-se mundialmente famoso, expondo regularmente em galerias francesas e americanas. Ilustrou livros, fez cenários para balé, passou a interessar-se por colagem e murais e seu grafismo se reduziu a linhas, pontos e manchas coloridas. “O Ceifeiro” e “Cabeça de Mulher” são obras que sofreram forte influência da Guerra Civil espanhola (1936-1939). É do começo da Segunda Guerra Mundial, a obra “Constelação”. A partir de 1944, iniciou uma série de murais para o edifício da UNESCO, em Paris, e para a Universidade de Harvard. Em 1954, ganhou o prêmio de gravura da Bienal de Veneza. Em 1956, mudou-se para a ilha de Maiorca, onde instalou um estúdio, na cidade de Son Abrines. Em 1959, o mural que realizou para UNESCO ganhou o Prêmio Internacional da Fundação Guggenheim. Em 1975, abriu a Fundação Miró, em Barcelona.
Joan Miró faleceu em Palma de Maiorca, na Espanha, no dia 25 de dezembro de 1983.